Violência mata uma pessoa a cada 75 minutos no estado do Rio

Foto: Divulgação

A morte por causas violentas vitimou uma pessoa a cada 75 minutos no estado do Rio, no mês de janeiro, segundo balanço divulgado, nesta quinta-feira (23), pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). Segundo o relatório, foram 600 mortes por homicídios, latrocínios, trocas de tiros com a polícia e lesões corporais seguida de morte em janeiro deste ano, contra 479 no mesmo mês do ano passado – um aumento de 121 casos, o que significa 19 mortes por dia.

Foram registrados 476 casos de homicídios dolosos, quando há intenção de matar, em janeiro – um aumento de 17,2% na comparação com o mesmo mês de 2016, quando foram registrados 406 casos. Os latrocínios, roubos seguidos de morte, chegaram a 25 casos em janeiro, contra 18 no mesmo mês do ano passado.

As mortes decorrentes de enfrentamentos com a polícia chegaram a 98 casos em janeiro de 2017, representando três mortes por dia. Em relação a janeiro de 2016, houve aumento de 84,9%, quando foram 53 casos.

Em relatório, o ISP ressaltou que devido à paralisação parcial de algumas atividades nas delegacias, por causa de greves e mobilizações, “houve uma atípica subnotificação de determinados delitos”.

“Por isso, não é possível fazer comparações temporais para alguns delitos com base nos dados de janeiro”, justificou o instituto destacando que as estatísticas de mortes violentas não foram afetadas. Os dados completos podem ser acessados na página do ISP na internet.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*