Wenger admite que pensou em deixar o Arsenal antes de assinar a renovação

No mês de maio deste ano, o técnico Arsene Wenger assinou a renovação de contrato com o Arsenal para permanecer por mais tempo na equipe inglesa. Ao todo já são 21 temporadas no comando da equipe e ainda com vínculo para permanecer por mais dois anos. O treinador, no entanto, admitiu que pensou em deixar o comando da equipe antes de assinar a extensão do vínculo.

“Eu hesitei em estender por razões pessoais. Eu estou no Arsenal há 20 anos e eu pensei seriamente se eu deveria continuar a comandar o clube, porque fomos muito mal na última temporada”, falou Wenger.

Por conta dos resultados ruins e até mesmo crise na relação com alguns atletas do elenco, Wenger chegou a ser pressionado no cargo. Mesmo com crise, o Arsenal venceu o Chelsea na decisão da Copa da Inglaterra e levantou o sétimo título do torneio sob o comando de Wenger.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*