Zago será julgado e Inter pode não ter o seu treinador na final do gauchão

O técnico do Internacional, Antônio Carlos Zago, e seu auxiliar, Galeano, serão julgados nesta quarta-feira (26), no TJD-RS. Os dois podem ficar afastados por conta de uma confusão no jogo de ida diante do Caxias, na semifinal do campeonato gaúcho. Dependendo da punição, ambos podem não estar presentes nos dois jogos decisivos do estadual.

O julgamento de ambos vai ocorrer às 10hs (de Brasília) na sede a Federação Gaúcha de Futebol. Outro que será julgado é o lateral direito William, que foi expulso na partida. As penas podem ser aplicadas imediatamente ou até a apreciação do recurso. O médico do Caxias na ocasião, Jefferson Mezzomo, e o árbitro Roger Goulart também serão julgados.

Zago foi enquadrado no artigo 254-A, que fala em “praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente”. Na confusão ele acertou o tornozelo do médico do caxias com um chute. A pena vai de quatro a 12 jogos. Galeano está incluso no artigo 250-II, que fala em ‘empurrar acintosamente companheiro ou adversário’. A pena vai de um a três partidas.

Já o lateral direito William, expulso no segundo tempo em razão de uma falta, está denunciado no artigo 250: ‘praticar ato hostil’, e tem pena possível de uma a três partidas.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*