Zé Ricardo diz que pressão no Flamengo é normal e admite que pode fazer mudanças

Foto: Staff Images / Flamengo
Foto: Staff Images / Flamengo

A derrota do Flamengo por 2 a 0 para o Sport deixou questionamentos em aberto com relação à equipe. A principal delas sobre Alex Muralha, que mais uma vez falhou. No primeiro gol do time pernambucano, marcado por Osvaldo, a saída de bola do goleiro foi equivocada, nos pés do atacante adversário, que só teve o trabalho de dominar e fazer o gol.

Sobre possíveis mudanças, principalmente essa no gol, com a provável entrada do jovem Thiago, Zé Ricardo preferiu não adiantar nada. O treinador, no entanto, admitiu que a equipe pode sofrer alterações para a próxima rodada.

“Não se trata de testar, se trata de ver jogadores que podem render mais nesse momento, porque realmente é um momento difícil para todos nós. Falei: não era o início de Brasileiro que esperávamos. Por isso, precisamos fazer as avaliações. Se os resultados não estão aparecendo, alguma coisa realmente a gente precisa mudar”, disse Zé Ricardo.

A fase ruim do Flamengo também reflete no treinador, que já começa a ser bastante questionado. Alguns torcedores, inclusive, já pedem a sua saída da equipe. Mas para Zé Ricardo, essa situação é normal em um clube grande.

“Eu vejo que a pressão faz parte do uniforme do atleta e daqueles que trabalham com futebol, principalmente se tratando de um grande clube, como é o Flamengo. Tivemos momentos de felicidade no clube e hoje seria o momento mais delicado que estamos passando. A gente tenta manter equilíbrio para ver onde temos de melhorar”, avaliou o treinador.

O Fla mais uma vez vai jogar fora de casa na próxima rodada. No domingo (11), o time visita o Avaí, na Ressacada, às 16hs (de Brasília), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*