Com Chapecoense garantida na Libertadores, diretor executivo afirma: “mantivemos a dignidade”

A Chapecoense precisou se remontar após a grande tragédia que vitimou 71 pessoas em novembro do ano passado, quando o avião que levava a delegação para a Colômbia, visando a disputa da decisão da Copa Sul-Americana, acabou se acidentando. Praticamente iniciando do zero, o time do oeste catarinense conseguiu atingir a tão sonhada vaga na Libertadores, o retorno do clube à principal competição do continente.

Sem esconder a grande satisfação, o diretor executivo do clube, Rui Costa, destacou toda a temporada do clube e o processo de reconstrução que a Chape passou.

“Do ponto de vista profissional, de metas, atendemos tudo que foi colocado e mais. Conseguimos reconstruir a Chapecoense como departamento de futebol e trazê-la para um rito de normalidade: crise, troca de treinador, descrédito, pressão externa, como todo clube tem. Voltamos a ser um clube como todos do mundo. Ser encarado dessa forma era algo que buscávamos. Conquistar um título quatro meses depois, foi algo incrível. Fizemos bonito na Recopa, na Libertadores e encarramos o Brasileiro garantidos na Série A, na Sul-Americana… Retomamos um caminho que a Chape já tinha e quiçá na Libertadores.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*