Pode chover no Distrito Federal a partir de sábado, diz Inmet

Após ter registrado ontem (15) a maior temperatura da história – 37,3ºC – e umidade relativa do ar de 11%, o Distrito Federal (DF) tem previsão de chuvas somente para o próximo dia 21, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A maior alta registrada até então foi de 36,4ºC, em outubro de 2015. O calor intenso e a umidade baixa deixou a região em estado de alerta.

Com a falta de chuva e a escassez de água, a capital federal poderá ter novas medidas no racionamento que já vem sendo feito desde janeiro. Para o presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal, Maurício Luduvice, o DF vive uma época difícil. “O momento é de grande preocupação e temos que tomar medidas duras. A situação é muito delicada” alertou. Os reservatórios estão registrando recordes negativos.

Segundo as medições da Adasa, o reservatório do Descoberto tem apenas 12,2% da capacidade máxima. Se o número chegar a 9%, novas medidas deverão ser tomadas no fornecimento de água no DF. “A possibilidade de intensificar o racionamento é muito alta. Nossa expectativa era que os reservatórios estivessem com essa quantidade de água só no final de outubro”, disse. ”No momento oportuno, as novas medidas serão divulgadas”, acrescentou.

O reservatório de Santa Maria funciona com 26,3% do volume útil, segundo as medições da Adasa, que são atualizações diariamente até as 13h.

Chuvas

De acordo com o Inmet, o Distrito Federal atravessa uma estação de “veranico”, que ocorre no período de calor intenso, estiagem e baixa umidade. Segundo o meteorologista Manoel Rangel, a previsão é de temperatura alta durante toda a semana, mas com possibilidade de ventos. “Uma massa de ar de origem polar passa pelo oceano. É possível que o vento chegue até aqui e refresque um pouco a temperatura”, disse.

A previsão era que a região chegasse a ter 166 milímetros (mm) de chuvas no mês de outubro, mas com a estiagem, até agora só chegou a 10mm. A expectativa agora é que a quantidade de chuva fique abaixo da metade do esperado. “Mesmo com as chuvas esperadas para o final de outubro, a expectativa é que o volume fique bem abaixo da média”, afirmou.

Forte calor

Com as fortes temperaturas, a população tem mudado os hábitos. Por causa da seca, a Defesa Civil declarou estado de emergência na última sexta-feira (13). A orientação é que a população altere horários de atividades físicas e de trabalho ao sol entre 10h e 17h. Também deve aumentar o consumo de líquidos, evitar banhos demorados e usar protetor solar.

A medição da temperatura é feita nas estações convencionais (operado por técnicos) e nas estações automáticas. A temperatura pode variar em dois graus de uma para outra, de acordo com o Inmet. A maior temperatura, de 37,3ºC, foi registrada na estação automática de Águas Emendadas, localizada em Planaltina, às 15h de ontem (15). Quando o recorde anterior de 36ºC foi registrado em 2015, a estação Águas Emendadas ainda não fazia medições.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*